sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 8 comentários

Tirando a cola dos potes de vidro

Gente eu junto potes de vidro, não sei ainda pra que, mas um dia vou saber kkkkkkk. Eles sempre tem alguma utilidade. Mas eu estava com dificuldade em tirar a cola que fica quando tiramos o papel da embalagem. Uma pessoa me disse pra colocar eles de molho para o papel sair mais fácil, deixar secar bem, passar óleo de cozinha e esperar 30 minutos. Lave com bucha e sabão. E não é que dá certo mesmo!!! 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 0 comentários

Outras versões do Doce Folhado Dinamarques

Já postei aqui como se faz o Wienerbrød. Fiz uma versão  com amêndoas e outra em unidades e vou postar aqui:
Ficou menos doce e uma delícia!!! 
Amêndoas





Individual


Aqui a gente compra a massa folhada pronta, ela vem um retângulo. Cortei em quadrados e juntei as pontas no meio. Fiz o creme de confeiteiro bem grossinho e coloquei um pouco no centro. Levei ao forno até dourar. Retirei, esperei esfriar (ele dá uma abaixadinha) e coloquei a cobertura de chocolate que já postei aqui Wienerbrød.
0 comentários

Como rechear um Cupcake

Rechear um Cupcake é bem fácil.

Faça um furo no centro e retire um pouco de massa deixando a tampinha.

Recheie com geléia, doce de leite, o que gostar.

Tampe com a tampinha reservada e pronto, é só colocar a cobertura agora.

Olha como fica por dentro. Uma delícia!!!

0 comentários

Presente super útil - testando o óleo de Argan

Comentei com minha amiga Maria, libanesa que mora aqui perto de casa gente boníssima, sobre o óleo de Argan para os cabelos. Não é que ela tinha ganhado de uma amiga cabeleireira uma máscara e um spray de Argan!!!! Ela está grávida e antes estava usando o spray e enjoou do cheiro. Pronto!!! Ela me deu a máscara e o spray. Já estou usando o spray e realmente é excelente. Ele deve ser borrifado nos cabelos úmidos depois de lavados. Fica muito macio, sedoso demais!!! A máscara ainda não usei porque como aqui está muito frio odeio ficar de cabelo molhado, mas já já eu vou testar. A marca é italiana. Sobre o óleo de Argan já postei aqui.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 0 comentários

Essa eu vou comer com gosto!!! Salada da Vivi

Hoje fiz uma saladinha diferente, coloquei coisas que gosto juntas e deu em uma salada que estava comendo com os olhos já rs. Ficou uma delícia!!!

Ingredientes:
- Folhas de alface
- tomates
- queijo mussarela
- pepino
- cenoura crua
- orégano
- sal
- azeite de oliva extra virgem
- cranberries passa (igual a uva passa)
- chips de churrasco
- crisps de parmesão que aprendi hoje com a Talita do Dona Perfeitinha (http://www.donaperfeitinha.com/)
- Maçã verde

Obs.: Essas frutinhas vermelhinhas ai são cranberries é um misto de doce com azedinho, uma delícia!
A Talita ensinou esses Crisps em um post ontem e vi hoje. Quando vi fui na hora fazer e é muuuuuito fácil!!!
2 comentários

Contra odor de vômito e coceira

Gente encontrei um pozinho milagroso contra o fedor de vômito e por quebra o bichinho e excelente contra coceira. Fernandinha tinha uma mania de começar a chorar e vomitar (horrível isso credo, levou umas boas palmadinhas até aprender) e ficava tudo fedendo. Pesquisei na net e fui testar o tal do bicarbonato de sódio. Gente é impressionante!! O fedor sai na hora!!! Pegue um pano úmido e coloque um pouquinho de bicarbonato e passe no local do vômito, espere secar e pronto. Às vezes vamos para algum lugar que tem insetinhos (fazenda, chaçara, sítio...) e esquecemos de levar nosso amigo repelente. Não se preocupe porque o bicarbonato resolve!!! Faça uma pastinha com água e bicarbonato e ponha sobre o local da picada, a coceira vai embora. Se não tiver bicarbonato use fermento em pó. Viu como além de um produto usado na culinária ele é um ótimo aliado contra fedor e coceira!!!

Obs.: Eu li que esse produtinho é ótimo para várias outras coisas, uma delas é tirar aquele preto da forma quando assamos algum alimento. Fui fazer o teste, em uma que ficou bem sujinha aqui em casa. Joguei bastante bicarbonato e coloquei água por cima. Deixei uma meia hora. Retirei e vi que ainda haviam alguns pretos que não sairam e repeti. Quando lavei pela segunda vez saiu tudinho. Muito bom porque é muito difícil lavar essas formas quando o óleo gruda e junta com o caldo dos alimentos. Desgruda tudo mesmo!!!
segunda-feira, 23 de janeiro de 2012 4 comentários

O único alimento que não estraga

É incrível olhar para esses bichinhos, as abelhas, tão pequeninos e pensar que eles produzem o único alimento que não estraga e tem propriedades incríveis. Sem contar que literalmente é o vomito delas (arghhhh!!! Mas não deixa de ser uma delícia!!!). Elas recolhem o néctar das flores e processam esse néctar em suas enzimas digestivas. Existem vários tipos de mel, de acordo com sua tonalidade e sabor. O mel de abelhas é produzido em quase todos os países do mundo e tem. Pesquisadores dizem que o mel aliado a canela é ótimo para curar várias doenças. Bom, comprovado por mim mesmo, só o cházinho de mel com limão e alho para curar a gripe (esse funciona mesmo!!!). 
Já lá atrás, no ano de 1995, a revista "Weekly World New"do Canadá, publicou uma lista das doenças que são curadas pelo mel misturado com canela:

  •  Doenças do coração - Faça uma pasta de mel com canela, coloque no pão e coma regularmente no café da manhã ano lugar da manteiga e geléia. Reduz o colesterol e previne problemas no coração. Também previne novos enfartos em pessoas já acometidas por eles. O uso regular desta pastinha diminui a falta de ar e fortalece as batidas do coração. Nos EUA e Canadá esta pasta é utilizada em asilos, revitalizando e limpando as artérias e veias de pacientes idosos.
  • Picadas de insetos - Misture 1 colherzinha de mel, 2 colherezinhas de água morna e 1 colherzinha de canela em pó. Faça uma pasta com esses ingredientes e esfregue-a suavemente sobre a picada. A dor e a coceira irão desaparecer em 2 minutos.
  • Artrite e infecção dos rins - Misturar uma xícara de água morna com 02 colheradas de mel e 01 colherinha de canela em pó. Beber uma xícara de manhã e uma de noite. Se tomar com frequência pode até curar a artrite crônica, além de eliminar os germes que produzem infecção nos rins. Numa pesquisa feita na Universidade de Kopenhagen, os médicos deram aos seus pacientes diariamente, antes do café da manhã, 01 colherada de mel e meia colherada de canela em pó. Em uma semana, de 200 pacientes que seguiram o tratamento, 75 deixaram de ter dor inteiramente. Um mês depois, todos os pacientes estavam livres da dor, mesmo aqueles que quase já não conseguiam caminhar.
  • Resfriados - Para curar completamente sinusite, tosse crônica e resfriado comum ou severo, misturar 01 colherada de mel com 01 colherinha de canela em pó e tomar com frequência.
  • Velhice - Misture 1 colher (sopa) de canela e 3 xícaras de água. Ferva para fazer um chá. Quando amornar, coloque 4 colheres (sopa) de mel. Beber 1/4 xícara 3 ou 4 vezes ao dia. Mantém a pele fresca e suave (diminuindo os sintomas da idade avançada).
  • Calvice - Os que sofrem de calvície ou estão perdendo o cabelo, podem aplicar uma pasta de azeite de oliva (aqueça o óleo até uma temperatura suportável à pele), 01 colherada de mel e 01 colherinha de canela em pó, no couro cabeludo. Deixar por 15 minutos antes de lavar. Foi comprovado que é eficiente mesmo quem deixar a pasta na cabeça somente 05 minutos.
  • Dor de garganta - 1 colherada de mel, misturada com meia colher de vinagre de sidra. Tomar de 4 em 4 horas.
  • Dor de dente - Fazer uma pasta com 01 colherinha de canela e 05 colherinhas de mel e aplicar no dente que está doendo. Repita pelo menos 03 vezes ao dia.
O mel não deve ser fervido, pois perde muito de suas propriedades.
O mel é contra indicado para menores de 1 anos. A ANVISA no ano de 2010 recomendou que não se desse mel para crianças menores de 1 ano por conta de uma bactéria encontrada em amostras de mel  que causa o botulismo, pois crianças menores de 1 ano ainda não tem a flora intestinal totalmente formada. Pelo que eu li, o mel não tem como propriedade essa bactéria e sim as condições de armazenamento levam a essa produção da bactéria.


A revista antiga que saiu a matéria:
quinta-feira, 19 de janeiro de 2012 0 comentários

Vou casar!! E agora, por onde começar?

Não existe quanto tempo antes se deve começar a planejar um casamento, o ideal é que isso não sobrecarregue a noiva, então é sempre bom começar a pensar em algumas coisinhas quando ver que o namoro está para casamento rs. Na minha opinião o que as princesinhas que querem casar precisam fazer primeiro é colocar no papel alguns itens primordiais a ordem vai de acordo com a pessoa, mas lógicamente existem itens mais importante que outros e que exigem mais atenção, tempo e cuidado:

1. Data do casamento e onde vai ser o casamento (Igreja, salão de festas ou os dois) - Depois desse item fechado, dá pra ter uma dimensão de quantas pessoas vai convidar, da decoração e as cores que vão combinar. Hoje muitas pessoas optam por casar somente em um lugar, deixando a igreja de lado e fazendo a cerimonia no próprio local da festa.

2. Escolha do vestido - algumas mulheres são rápidas na escolha, outras nem tanto. Então, se você for mandar fazer, tem que pensar nisso com antecedencia. Hoje em dia existem preços ótimos para primeiro aluguel. A tendencia para o ano de 2012 é o decote assimétrico.

3. Cor - agora que você já sabe onde vai ser o casamento e já escolheu o vestido é a hora de escolher a cor. Saiba ornar as cores! As tendencias para esse ano de 2012 são cores como o azul, lilás, rosa e amarelo.

4. Decoração.

5. Buffet - Tem-se várias opções: você pode começar com um pequeno coquetel antes da cerimonia e depois um jantar e no final bolo e doces; pode optar por crepes depois da cerimonia ou somente bolo, doce e champagne... existem várias opções, o que vai diferenciar será o orçamento e o gosto. Fazer degustação de bolos e docinhos para escolher os mais gostosos.

6. Escolha da roupa do noivo.

7. Escolha de pajens e daminhas e suas roupinhas.

8. Lista e escolha dos padrinhos e madrinhas.

9. Compra do sapato.

10. Escolher maquiagem, cabelo e buque.

11. Músicas.

12. Lua de mel.

13. Chá de panela - como e onde vai ser, se vai ter um pessoa que vai organizar ou ficará por sua conta.

14. Enxoval - ir comprando e fazendo alguns adereços para a nova casa - como toalhinhas bordadas, panos de prato com bicos de crochê, bordando nomes nas toalhas etc. Algumas pessoas da família se juntam e cada família dá um bom presente para o casal e a casa nova (geladeira, sofá, cama, guarda-roupa...), verifique se estão dispostos e se preocupe somente com o que não está na lista de presente deles.

15. Foto e/ou filmagem.

16. Dia da noiva.

17. Casamento civil - se o casal optar por casar no civil também e optar pela data, se antes ou junto com  a cerimonia.

18. Exames pré-nupciais.

19. Carro que levará a noiva.

20. Convite - às vezes quando se tem muito tempo e criatividade o melhor é a noiva mesmo fazer os convites. Fica algo bem pessoal.

21. Lista de presentes - escolher onde vai deixá-la.

22. Entrega de convites - na minha família todos optam por irem pessoalmente (os noivos) à casa dos convidados entregar o convite, os que moram longe a opção é o correio mesmo.

23. Noite de núpcias - decidir se irão viajar no mesmo dia ou irão passar a noite de núpcias em um hotel. Reservar o hotel.

24. Casa/apartamento -  de acordo com o orçamento do casal, se vão comprar ou alugar e escolher o local.


Basicamente é isso!!! Espero que tenha ajudado às noivinhas que estão de casamento marcado. Um Ótimo Casamento, que vocês sejam muito felizes, que dê tudo certo, do jeitinho que vocês sonharam.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012 2 comentários

Chocolate amargo engorda menos?

 A resposta é sim e depende rs!!! Quem não gosta de um chocolatinho??? Até eu que não sou chocolatra tem dias que não dispenso. Parece que o corpo pede rs!!! Não sou muito fã do chocolate amargo, mas dia desses me peguei pensando se pelo fato de ser amarguinho seria menos calórico que os outros. Fui pesquisar sobre o assunto e descobri que a diferença de calorias é pequena, mas existe uma pequena diferença. Mas que no final das contas acabam engordando da mesma forma. Vai depender do tanto que você comer dele. Eu mesma já comeria 3 quadradinhos do ao leite e do amargo comeria 2 no máximo, então só ai já diminuiriam muitas caloriazinhas kkkkkk. No entanto, descobri também que o chocolate amargo apresenta uma vantagem sobre os demais. Ele possui uma quantidade maior de cacau em sua composição. Mas e daí o que isso pode fazer bem pra mim? No cacau, existe uma substancia chamada epicatecina. É esse negocinho que dá o sabor amargo ao chocolate e que tem uma propriedade protetora do sistema cardio circulatório, ou seja, protege nosso coraçãozinho!!! Não só ele, mas as veias e artérias também. Podemos encontrar essa substancia também no vinho, chás e vários outros alimentos.   Mas em alguns alimentos a indústria retira essa substancia por conta do sabor amargo que fica. Então fica a dica!!!
terça-feira, 17 de janeiro de 2012 1 comentários

Selinho 1 - Meu primeiro selinho!!!

Ai que lindo genteeeeeeee!!! Meu primeiro selinho!!!! A Rebequinha do blog http://rebeca-mello.blogspot.com/ ("Pensamentos e blá blá blá") foi quem fez. Quando der, de uma passadinha no blog dela que é lindo. Muito obrigada querida adorei!!! Bjokaaas



2 comentários

Maçã do amor


Eu amo maçã do amor!!! Ficou doida pra chegar a época de festa junina que é onde mais se encontra. Mas... infelizmente quase todos os anos não estou essa época no Brasil, sem contar que aqui na Dinamarca nunca vi!!!  

Ingrediente
- 2 xícaras (chá) de açúcar cristal
- 1/2 xícara (chá) de água
- 1/2 xícara (chá) de glucose de milho
- 1/2 colher (café) de cremor tártaro
- maçãs
- corante alimentício vermelho (para acentuar o corante misture um pouco de corante rosa)

Preparo
Lave as frutas bem e seque com papel absorvente (secar é muito importante, tem que ficar bem sequinho). Passe uma a uma no álcool de cereais e deixe secar. Espete as frutas nos palitos (no caso das maçãs em palitos de sorvete e os morangos e uvas em palitos de churrasco). 

Prepare a calda: Em uma panela, coloque o açúcar, a água, a glucose, o corante e o cremor tártaro. 
Misture bem e leve ao fogo sem mexer. Deixe ferver por 15 minutos até atingir o ponto de vidrado. Para saber o ponto, misture uma colher com a mistura em uma xícara com água. Se fizer barulho de "quebrar" está no ponto. Desligue o fogo e passe as maças ou outras frutas de sua preferência.

Dicas: Você pode variar as frutas e optar por uma de sua preferência ou todas rs - maçãs, uvas ou morangos. Se quiser fazer de outras cores é só comprar corante alimentício da cor desejada. Fica lindo!!! 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012 0 comentários

Bebidas alcoólicas podem fazer bem!!!

Cerveja, vinho e outras bebidas alcoólicas fazem bem para a saúde é o que diz a ciência. 
De um lado, pequenas doses de bebidas alcoólicas podem conter inflamações, proteger o coração e livrar o fígado do acúmulo de gordura, mas por outro lado uns goles a mais continuam sendo um mau hábito que lança o corpo ao abismo.


Há quem não dispense um bom chopp depois do trabalho, para dar aquela relaxada e esquecer os problemas. Outros preferem um copo de uísque, outros de um bom vinho. Outros no entanto tiram um final de semana e bebem o dia inteiro, o que comprovadamente deixa de ser algo relaxante para se tornar nocivo. Eu particularmente não sou de beber. Gostar mesmo, gosto só de um vinho maravilhoso que encontramos aqui chamado Moscato D'asti branco, fora isso quando saímos bebo uma caipirinha de leve ou vodka com energético. Bastam alguns goles e já estou alterada ou "no grau"como diz o pessoal do álcool rs. Conheço muitos que bebem bastante e nem ressaca tem, outros só tem ressaca se misturarem bebidas, outros que só ficam mais alegres, mas conscientes em tudo (até na direção por incrível que pareça!!!). Quando bebem de verdade conseguem até dizer que não estão bem e não conseguem dirigir, ai o amigo da vez pega o volante. Acho que a quantidade varia de pessoa para pessoa, não dá para calcular, os organismos são diferentes. Mas não que não faça mal, claro que faz, mas acredito que em proporções diferentes de organismo para organismo, uns são mais resistentes, outros menos. Então vamos à matéria:

Pesquisadores constataram, depois de experiências sérias, que saborear uma taça de vinho ou refrescar-se com um copo de cerveja - sem perder o controle - pode ser uma boa pedida para quem deseja fazer um brinde à preservação do organismo.
Fígado - pesquisadores da Universidade da Califórnia (EUA), concluíram que uma taça de vinho (tinto e branco) por dia impede o depósito de gordura na glândula. E a gordura, como se sabe, limita sua função - um fenômeno que os médicos chamam de esteatose.
Reduz o risco de artrite reumatóide (inflamação constante nas juntas) - comprovada por uma equipe do Instituto Karolinska na Suécia, depois de acompanhar quase 3 mil pessoas.
Coração - novos trabalhos sugerem que um pouco de bebida alcoólica propicia uma proteção cardiovascular. Dois cálices de vinho diariamente seriam suficientes para levantar o astral das artérias.
Não existe um conceito claro e preciso do que é beber com moderação, cada um define por moderação aquilo que lhe convém ou que, baseado na própria experiência, não lhe faz mal.
Uma pessoa que toma um copo de uísque toda noite a princípio não está no time dos dependentes. O problema começa quando antes de ir a qualquer outro lugar ter que passar em casa só para beber, ou então, aumenta a dose num dia tenso para enfrentá-lo.
O álcool é o que os estudiosos de literatura classificariam como personagem esférica, isto é, aquela que surpreende ou muda de lado no meio da história. Qualquer pessoa que exagere nos finais de semana pode descobrir nos copos ilimitados um inimigo. Não somente pelo fato de desencadear episódios constrangedores, brigas e acidentes de transito, mas responde por uma série de doenças. E ao invés de ser beneficiado como no início da matéria, acaba sendo o oposto.
- Uma garrafa de vinho todos os dias deixa a glândula vulnerável à cirrose. O excesso de álcool destrói as células, gerando inflamações e cicatrizes. Com o tempo, o fígado vai à falência. O mesmo raciocínio se aplica ao sistema cardiovascular. Dois cálices de vinho relaxam os vasos, algo além disso provoca forte contração. Mais de três doses por dia podem levar à hipertensão (pressão alta).
O exagero provoca a morte de neurônios, prejudicando o equilíbrio, os movimentos, a memória e o raciocínio. O consumo desenfreado de bebidas alcoólicas está intimamente ligado ao aparecimento de tumores. A lista é extensa...



Fonte: http://saude.abril.com.br/index.shtml

3 comentários

Docinho caramelado de coco Huuuum Amoooo

Eu amo esse docinho!!!

Massa
- 1 lata de leite condensado
- 2 xícaras (chá) de coco ralado fresco (pode ser o ralado seco também)
- 1/2 colher (café) de manteiga

Caramelo
- 1/2 kg de açúcar (União, porque é grossa e deixa a calda crocante)
- 1/2 copo americano de vinagre de vinho branco
- 1 dedo de água (medida do copo americano)

Preparo
Para a massa, misture todos os ingredientes e leve ao fogo mexendo sempre até começar a desgrudar do fundo da panela (igual ponto de brigadeiro). Muita gente gosta de colocar o coco depois, ou seja, levar os ingredientes ao fogo sem o coco, mexendo bem até desgrudar do fundo da panela ai então colocar o coco e mexer bem. Retire da panela, transfira para uma vasilha e leve para a geladeira. Para a calda, coloque todos os ingredientes em uma panela, misture e deixe ferver, sem mexer. Quando começar a ficar com uma cor laranjada, desligue. Tem que estar quente para caramelar e ficar homogêneo. Enfie um palito em cada bolinha e passe pela calda. Deixe secar e coloque em forminhas com plastico. Tem validade de 2 dias.
Nossa quase esqueci!!! Tem uma variação desse docinho que você passa ele pelo sucrilhos antes da calda ficar dura. Fica divino!!!
sábado, 14 de janeiro de 2012 0 comentários

Torta gelada de limão


Essa torta eu já fiz algumas vezes e todas as vezes a quantidade é insuficiente e fica gente querendo mais. A receita é do chef Álvaro Rodrigues e tenho ela desde que a Ana Maria era da Record rs. Foi testada e aprovada por mim e por várias pessoas rs. Não é difícil de preparar. Eu separo todos os ingredientes primeiro e depois começo a fazer, fica mais prático e mais rápido. A foto foi tirada da internet, mas logo que fizer essa delícia de novo posto a foto da minha que fica linda também.

Massa
- 200g de biscoito maisena moídos no processador (ou liquidificador)
- 120g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
- 1colher (chá) de raspas de limão
Preparo: coloque todos os ingredientes numa tigela grande e vá amassando delicadamente com as pontas dos dedos até obter uma farofa bem úmida. Coloque a farofa em uma assadeira redonda de fundo falso com 28 cm de diâmetro forrando o fundo e os lados. Leve a massa ao forno a 180 graus por 12 minutos. Em seguida, retire do forno, deixe esfriar e aplique os recheios. Leve a geladeira até o dia seguinte e decore a gosto.

Ganache de limão
- 200g de chocolate branco picado ou ralado
- 1/2 lata de creme de leite sem soro
- 1/4 de xícara (chá) de suco de limão coado
- raspas de limão a gosto
Preparo: Numa tigela, coloque o chocolate branco picado e o creme de leite. Leve ao fogo em banho-maria, mexendo sempre, até obter um creme espesso e homogeneio. Vá acrescentando , aos poucos, o suco de limão e as raspas. Mexa bem e empregue na montagem. Se for fazer no microondas deixe 1 minuto, mexa e deixe mais 1 minuto.

Mousse
- 1 lata de leite condensado
- 1/2 lata de creme de leite com o soro (o restante do ganache)
- 1/2 xícara (chá) de suco de limão coado
- 2 claras de ovos médios batidas em neve
- raspas de limão a gosto
- 1 colher (sopa) rasa de gelatina em pó sem sabor branca
- 4 colheres (sopa) de água fria
Preparo: Coloque numa tigela o leite condensado com o creme de leite e misture muito bem. Em seguida, misture o suco de limão, as raspas de limão, a gelatina já hidratada na água fria e dissolvida em banho-maria. Por último, misture delicadamente as claras em neve.

Decoração
- 300g de chantilly batido
- rodelas finas de 3 limões (com a casca)

Montagem da torta
Espalhe o ganache de limão sobre a torta assada e fria e leve a geladeira, enquanto prepara a mousse. Ao finalizar o preparo da mousse, espalhe-a sobre o ganache. Leve novamente à geladeira por 4 a 6 hs. Coloque o chantilly no saco de confeiteiro com bico pitanga grande e decore finalizando com as rodelas de limão. Sirva bem gelada.
sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 2 comentários

Bolo de milho com gostinho de pamonha


Esse bolo é super fácil é só juntar todos os ingredientes e bater no liquidificador. Quer praticidade melhor que essa?? Quem dera se todos os bolos fossem assim rs.

Ingredientes
- 1 copo (requeijão) de leite
- 1 copo (requeijão) de milharina
- 1 lata de milho sem água
- 1 copo (requeijão) de açúcar
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
- 3 ovos
- 2 colheres (sopa) de margarina

Preparo
Bater todos os ingredientes no liquidificador, menos o milho, deixo para coloca-lo por último e bata pouco para ele ficar com umas casquinhas. Levar ao forno em forma untada e enfarinhada. Não abra o forno antes de 10 minutos e faça o teste do palito depois de 35 minutos para ver se o bolo já está pronto. Se o palito sair limpo está prontinho!!!

1 comentários

Alimentos termogênicos - emagreça com eles!!!

Eu nunca tinha ouvido falar em tais alimentos, somente quando pesquisei sobre os benefícios do óleo de coco descobri que existem alguns alimentos ditos como termogênicos. O que quer dizer alimentos termogênicos? São aqueles que apresentam dificuldade em ser digeridos pelo organismo. Mas o que beneficia isso no meu corpo? Por serem de difícil digestão, o organismo tem que gastar mais energia e consequentemente perdemos mais calorias ao ingerirmos um alimento termogênico. Esses alimentos induzem o metabolismo a trabalhar em um ritmo mais acelerado, ou seja, queimam a gordura armazenada e consequentemente emagrecemos!!! Mas calma ai!!! Devem ser ingeridos regularmente, pelo menos 2x ao dia para tal efeito!!! E também vamos combinar né, não vai fazer uma pessoa perder 20 kg em uma semana. Esses alimentos devem ser complementos de uma dieta saudável aliada a atividade física. Não faça dietas sozinho ou indicadas por amigos!!! Procure um bom nutricionista que você não irá se arrepender. Às vezes uma dieta dá certo para uma pessoa e para outra não, os organismos são diferentes e cada um tem seu ritmo!!! Conheço várias pessoas que consultaram um nutricionista e não se arrependeram. Começaram a comer bem (e até reclamavam que estavam comendo demais, mas lógico que eram os alimentos certos rs), fazer atividade física orientada e consequentemente conseguiram o resultado que queriam.
Alguns desses alimentos termogênicos são:
- pimenta vermelha: 1/2 colher (chá) por dia.
- brócolis
- laranja
- mostarda
- acelga
- linhaça
- pó de guaraná
- kiwi
- sardinha
- couve
- salmão
- chá verde: 3 xícaras por dia são suficientes. Uma idéia excelente é fazer um suchá (suco+chá). Use o chá como base em substituição à água e bata no liquidificador com frutas e verduras. O ideal é tomar 5 minutos antes das refeições. Lembre-se que chás não devem ser reaquecidos!!! Leia aqui o porque não!
- aspargos
- bacalhau
- gengibre: pode ser usado como tempero para carnes, fazer chá ou coloca-lo em uma garrafinha de água e ir bebendo ao longo do dia (2 lasquinhas finas por dia são suficientes).
- pimentão
- café
- óleo de coco extra virgem: 2 colheres (sopa) por dia.
- canela: pode ser usada em pau para fazer chá ou em pó para temperar carnes, ou fazer uma salada de frutas e salpica-la por cima. 1/2 colher (chá) por dia é o suficiente.
- outros
Estudos indicam que pode-se reduzir até 200 calorias por dia tendo uma alimentação saudável inserindo esses alimentos na dieta. Se consumidos antes da atividade física o resultado é ainda melhor.
quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 0 comentários

Óleo de coco extra virgem

Cheguei a Brasília para as férias de fim de ano e meu sogro veio com uma história que estava tomando óleo de coco. Na verdade ele não começou a tomar isso do nada. Ele viu uma matéria que falava sobre o assunto no Globo Repórter. Eu não vi a reportagem, mas segundo ele o tal óleo de coco virgem, que se compra em farmácias e lojas de produtos naturais por R$ 46,00 - 500 ml traz benefícios para o corpo todo. A matéria deu tanto certo que em Brasília o estoque acabou muito rápido e estava sendo muito difícil de ser encontrado. Pude comprovar que faz muito bem para a pele, peguei no braço dele e estava lisinho, parecia que tinha acabado de passar o melhor hidratante do mundo e ele disse que a muito tempo não usa hidratante. Fui dar uma pesquisada na internet sobre o assunto e encontrei a matéria do Globo Repórter que fala sobre o assunto: 
- 28/10/11: Fala sobre os benefícios do óleo de coco para quem quer emagrecer. Isso devido ao seu efeito termogênico (queimadores de gorduras). A matéria fala que diminui a fome e aumenta o gasto calórico. É rapidamente absorvido pelo intestino, vai rápido para a circulação, chega rápido ao fígado produzindo energia rapidamente e quanto mais energia a gente produz de forma rápida, mais o nosso cérebro entende que chegou a hora de parar de comer. Isso foi comprovado em pesquisa feita na UFRJ. Mas o óleo tem que ser tomado continuamente todos os dias para poder fazer efeito, se parar de tomar as pessoas voltam a engordar. Outra pesquisa está sendo feita em pessoas com problemas no coração por conta do colesterol alto, mas ainda nada comprovado nessa área.
Esse óleo é rico em substancias antioxidantes (vitaminas, minerais, pigmentos naturais e outros compostos vegetais e, ainda, enzimas, que bloqueiam o efeito danoso dos radicais livres - estes que podem danificar células sadias do nosso corpo). 
Em uma matéria escrita no site Mundo Verde (http://www.mundoverde.com.br/) fala de benefícios cosméticos também (por não conter conservantes e/ou substancias químicas alergênicas): 
- Excelente hidratante
- Melhora da elasticidade cutânea
- Reduz danos capilares em diversos tipos de cabelos (será o fim da calvice?? Bem que meu sogro me falou que tinha notado diferença rs)
- Prevenção de estrias que ocorrem por conta da gestação 
O recomendado são 2 colheres (sopa) do óleo por dia. Você pode tomar puro, tudo de uma vez, ou colocar nas refeições ou até mesmo passar no corpo. 
Dica: Direto o óleo de coco do meu sogro endurece, mas é só dar uma esquentadinha em banho maria ou deixar perto do fogão que derrete.
Infelizmente não se encontra óleo de coco aqui na Dinamarca para comprar e para trazer fica inviável, já que tenho que trazer tantas outras coisas e um vidrinho só não adiantaria... Fica pra próxima!!! Sniff
quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 2 comentários

Intestino preso

Quem pelo menos um dia na vida não ficou com o intestino preso? Eu fico até 5 dias sem ir ao banheiro quando a minha alimentação não está correta. Isso mesmo, para seu intestino funcionar bem, vai depender muito do que você come. Na correria do dia a dia não prestamos muita atenção na nossa alimentação e o corpo acaba sofrendo com isso. Ter uma alimentação saudável é bom para a mente e para o corpo. Muitos estudos já comprovaram que você é o que você come. Eu ultimamente tenho me preocupado bastante com a alimentação. Nunca fui muito de gostar de fast foods, chocolates, balas, biscoitos e todas aquelas guloseimas que as pessoas adoram. Claro que eu como tudo isso, mas com moderação e em dias que parece que o corpo (ou mente rs) pede. Meus filhos também tem intestino preso e fico de olho na alimentação deles também porque é terrível vê-los com dificuldade ao ir ao banheiro. Meu marido é um reloginho (que sorte)!!! Inventei de dar leite Nan para minha filhota (que considero muito magrinha e precisando de um suplemento apesar de o médico dizer todas as vezes que é do biotipo dela, mas sabe como é mãe né rs) e isso não fez nada bem pra ela. Resultado, tive que levá-la ao médico e colocar supositório até normalizar (pensa no tanto que ela sofreu). Leite Nan pra ela nunca mais!!! Tem criança que se adapta muito bem ao Nan e outras nem tanto, o que foi o caso da Fernandinha. Quando estamos com o intestino preso, parece até que engordamos e quando conseguimos ir ao banheiro parece que liberamos uns 2 kg rs. Bom, então estou aqui para dar algumas dicas que funcionam comigo e com as crianças que podem ajudar. 
- Comer verduras: todos os dias no almoço e jantar comemos salada: tomate, alface, pepino, queijo, temperada com sal, azeite e orégano. Ás vezes quando está muito frio faço uma sopinha e coloco bastante verduras. Gosto muito de comer a cenoura crua daqui, nem tiro a casca, só lavo com uma escovinha e como (é uma delícia, muito docinha). 
- Comer frutas (principalmente as que comemos com a casca por conter fibras, atenção para a maçã que essa prende)
- Mingua de aveia é muito bom
- Uva passa (apesar de gostar bastante quase não como por me dar gases, fico com a barriga inchada é horrível)
- Ameixa preta em calda (essa para minha filha não funciona e pra mim funciona bem)
- Mamão seja papaya ou comum (esse é excelente para minha filha, faço uma vitamina e dou para ela beber logo que acorda, 30 minutos depois a fralda está cheia rs)
- Cereais (comemos um sucrilhos que vende aqui sem açúcar, ai colocamos um pouco de geléia e leite)
- Iogurte Activia de ameixa (infelizmente esse não tem aqui na Dinamarca, mas quando estou no Brasil todos os dias pela manhã antes de tomar café já tomo um potinho, meu intestino funciona quase que na mesma hora. É o melhor pra mim!).
- Beber bastante água (apesar de não fazer isso com frequência sei que é muito bom. Tenho que andar com uma garrafinha na bolsa para lembrar de beber água, principalmente aqui que faz muito frio e parece que o corpo não pede água). 
- De prioridade a pães integrais pois as fibras amolecem as fezes, absorvendo a água com uma esponja, tornando a evacuação mais fácil.
- Faça atividade física diariamente, isso ajuda o intestino a impulcionar as fezes. 
Essas foram as minhas dicas, que funcionam muito bem aqui em casa. Espero que ajude alguns entupidos como nós rs!!!
2 comentários

Por que choramos ao cortar cebola e o que fazer para diminuir isso


A química explica quase tudo nessa nossa vida e uma das coisas que ela vai nos explicar hoje é o por que de chorarmos ao cortar uma simples cebola. A cebola possui várias substâncias químicas que estimulam nosso olfato, paladar e também nossos olhos. Ao cortarmos nossa "amiguinha"cebola, ocorre uma grande destruição de células que liberam uma enziminha chamada "alinase". Terminações nervosas do nariz se comunicam no mesmo instante com as glândulas lacrimais provocando aquele chororo (nossos olhos estão se defendendo na verdade) que conhecemos bem rs. Essas glândulas lacrimais, por sua vez, possuem uma substância de proteção chamada "lisosina", que elimina dos olhos a substância lacrimejante liberada pela cebola.

Cortá-la sem chorar é impossível, mas existem algumas dicas, ou simpatias, para amenizar o problema:
- Uma das dica para diminuir as lágrimas é colocar a cebola na geladeira, diminuindo a ação da "enzima do choro". 
- Cortá-las em baixo de água corrente.
- Ligar um ventilador na direção da cebola, para que a enzima seja afastada dos olhos durante a tarefa.
- Coloque um óculos de natação rs.
- Segure um palito de fósforo entre os dentes rs.
- Reter água na boca enquanto corta cebola rs.
Algumas dessas eu já testei, mas acabar com o choro nenhuma!!!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012 1 comentários

Posso reutilizar óleo de frituras?


Em um informe técnico a ANVISA se pronuncia sobre o assunto:
  • A fritura é uma operação de preparação rápida e confere aos alimentos fritos características únicas de saciedade, aroma, sabor e palatabilidade.
  • No processo de fritura, o alimento é submerso em óleo quente na presença de ar, e assim, é exposto à oxidação interagindo com uma série de agentes que (ar, água, alta temperatura e componentes dos alimentos que estão sendo fritos) causam degradações em sua estrutura, especialmente quando utilizado por um longo período, gerando compostos responsáveis por odor e sabor desagradáveis, incluindo substâncias que podem causar riscos à saúde do consumidor, tais como irritação do trato gastrointestinal, diarréia, dentre outros. 
  • A água proveniente do próprio alimento, conduz alterações hidrolíticas, o oxigênio que entra em contato com o óleo a partir de sua superfície, desencadeia alterações oxidativas e a temperatura em que o processo ocorre, resulta em alterações térmicas que se enquadram também nas alterações oxidativas. 
  • No processo de fritura contínua, utilizado pelas indústrias, ocorre a hidrólise, que é responsável pela formação de ácidos graxos livres. Já no processo de fritura descontínua, empregada por lanchonetes, restaurantes, pastelarias e no uso caseiro, dentre outros, ocorrem as reações de oxidação, hidrólise e polimerização. As substâncias advindas destas três reações são chamadas de compostos polares totais. 
  • À medida que o óleo alcança o estágio de degradação, as reações de oxidação estão avançadas e há produção de moléculas complexas e compostos voláteis que liberam aroma desagradável. Neste ponto, a fritura produz muita fumaça e consequentemente o alimento tem sua vida de prateleira diminuída, aroma, sabor e aspecto desagradáveis, excesso de óleo absorvido e o centro do alimento, as vezes, não totalmente cozido.


No entanto, faz-se a ressalva de que o ideal é não haver a reutilização do óleo de fritura, mas se houver real necessidade, as seguintes recomendações de Boas Práticas de Fabricação devem ser atendidas:

1. Temperatura máxima para fritura: 180ºC (a temperatura deve ser controlada através de termostato já presente nas fritadeiras de ordem industrial). No caso das fritadeiras de uso doméstico (frigideiras, panelas e tachos) que não possuem termostato para controle, não se deve permitir a elevação da temperatura a ponto de produzir fumaça. Temperaturas excessivamente altas degradam o óleo rapidamente.


2. Dê preferência em fritar por longos períodos, ao invés de utilizar a fritadeira/frigideira/tacho por vários períodos curtos.3. Caso a fritadeira/frigideira/tacho não esteja sendo utilizada, mas existe a necessidade de mantê-la ligada para um uso iminente, a mesma deve estar parcialmente tampada, assim se evita o contato do óleo quente com o oxigênio, pois o óleo muito quente absorve oxigênio em maior quantidade promovendo sua oxidação.4. Evite completar o óleo em uso presente na fritadeira/tacho com óleo novo. É preferível descartar a sobra de um óleo já utilizado, pois ao completá-lo a degradação do óleo adicionado será muito mais rápida.5. Em intervalos de uso, o óleo deve ser armazenado em recipientes tampados e protegidos da luz, para evitar o contato com os principais catalisadores de oxidação, oxigênio e luz. Se o intervalo entre usos for longo, além de tampado, o óleo deve ser armazenado em geladeira, para se aumentar a vida de prateleira.6. O óleo deve ser filtrado a cada término de uso. Durante a fritura dos alimentos, especialmente dos empanados, que tendem a liberar partículas de sua superfície, retire os resíduos visíveis no óleo com o auxílio de utensílio apropriado.7. O óleo deve ser descartado quando se observar formação de espuma e fumaça durante a fritura, escurecimento intenso da coloração do óleo e do alimento e percepção de odor e sabor não característicos. Cabe lembrar que o aspecto da fumaça é diferente do vapor naturalmente liberado.8. As fritadeiras/frigideiras/tachos devem possuir os cantos arredondados, ou seja, não apresentar cantos mortos que propiciem o acúmulo de resíduos, pois o óleo polimerizado e depositado nas paredes tende a catalisar certas reações de degradação do óleo.9. As fritadeiras/frigideiras/tachos devem ser de material resistente e quimicamente inertes, ou seja, que não contaminem os alimentos ou facilitem a oxidação do óleo com a presença de cobre ou ferro. As mesmas devem ser descartadas quando consideradas danificadas (riscadas, amassadas, descascadas).10. O óleo não deve ser descartado na rede pública de esgoto, as donas de casa podem acondicioná-lo em sacos plásticos ou recipientes e juntá-lo ao lixo orgânico. Já para os comerciantes e fast-foods, por descartarem uma quantidade significativa, sugere-se entrar em contato com empresas, órgãos ou entidades licenciados pelo órgão competente da área ambiental. Já falei sobre isso aqui no blog.
É muito importante que sejam observadas essas dez recomendações de auto controle na preparação de alimentos com a utilização de óleos de fritura. Novos estudos com base científica serão apoiados pela Anvisa, como por exemplo, a formalização de convênio com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que está em fase de consolidação do edital para sua publicação. Com isso, pesquisas sobre o tema em questão serão realizadas de modo que se possa conhecer melhor, com base científica, as condições reais de óleos e gorduras utilizados para fritura no Brasil e consequentemente respaldar decisões futuras para o estabelecimento de legislação específica (será que até hoje estão só na pesquisa??)

sábado, 7 de janeiro de 2012 0 comentários

O que você deve saber sobre o AZEITE de oliva

O consumo de azeite vem crescendo a cada ano no Brasil. Não chega nem perto da Espanha, por exemplo, que consome mais de 600 mil toneladas por ano, enquanto que no Brasil chega a 30 mil toneladas, mas a população brasileira vem gostando cada dia mais do tal do azeite. Seja pelo sabor ou pela saúde muita gente opta pelo azeite ao invés de óleos comuns que conhecemos, apesar do preço ainda salgado, mas mesmo assim ainda não sabem comprar um bom azeite, ou até mesmo usá-lo, por isso resolvi dedicar um post somente à ele. 
Bom, primeiramente vamos aprender como classificar um azeite. Em relação ao grau de acidez, por exemplo, as azeitonas são classificadas como extra virgem, virgem e azeite refinado. O extra virgem atende a todos os padrões de qualidade e apresenta acidez máxima de 0,8% (percentual que corresponde à quantidade de ácidos graxos por cada 100g do produto) e é obtido apenas por processos mecânicos (sem química). O virgem possui acidez entre 0,81% e 2%, em algumas embalagens aparece como "azeite fino". O refinado passa por um processo químico para "corrigir"suas imperfeições. Com isso, alguns apresentam, por exemplo, acidez de 0,5%, porém nenhuma característica de sabor, aroma e textura de um extravirgem. Existe no mercado duas variedades, os feitos com um mix de azeitonas e outro com um tipo só. 

Atenas (Grécia) 2009
Harmonizações com pratos
1) Pratos salgados e com aroma forte
Alimentos com especiarias ou marcados pelo sal, pratos com aromas fortes, como peixes, queijos, crustáceos e cogumelo, devem ser preparados e finalizados com um azeite frutado (é resultado de uma bem-sucedida combinação das azeitonas Arbequina e Hojiblanca). Esse frutado deve ser proporcional à intensidade do alimento. Quanto mais curado, aromático ou cheio de especiarias for o alimento, mais frutado deve ser o azeite. 
2) Alimentos amargos 
Os alimentos com sabor amargo, como fígado, alcachofra, radicchio, berinjela, costeletas de porco grelhadas e chocolates amargos pedem azeites verdes, ou seja, jovens, frescos e frutados. Normalmente eles conferem características picantes, que provocam sensação de apimentado e amargor na garganta. 
3) Doces e pratos gordurosos 
Para pratos adocicados, como massas e sobremesas, e alimentos gordurosos, como queijos, chocolates e carnes, a harmonização deve ser feita com um azeite maduro, suave e com notas doces.
4) Alimentos ácidos
Única harmonização baseada na discordância (sem afinidade no sabor) vale para alimentos ácidos como tomate, laticínios e vinagres. O sabor desses produtos deve ser balanceado com um azeite doce.

Uso culinário do azeite por acidez
Tipo
Acidez
Utilização
Extra Virgem
< 0,8%
Saladas e molhos
Virgem fino
1,5%
Saladas e molhos
Semifino
3,0%
Saladas e frituras
Refinado
>3,0%
Frituras de imersão
Puro
>2,0%
Frituras, assados e marinados


Trata-se de um alimento versátil e fundamental para a saúde e, entre suas propriedades, podemos destacar:

- Beneficia o fígado e a vesícula biliar, estimulando a secreção da bílis;
- Atua como tônico nervoso;
- Ajuda no crescimento das crianças;
- Previne a osteoporose;
- Estimula a contração muscular;
- Melhora a prisão de ventre (ótimo para as crianças);
- Ajuda a dissolver os depósitos de colesterol LDL (colesterol “ruim”);
- É antiinflamatório;
- Os antioxidantes que contém permitem a proteção do organismo contra as agressões exteriores, prevenindo o aparecimento de várias doenças;
- Um trabalho publicado na revista da Sociedade Européia de Oncologia mostra que a gordura monoinsaturada do azeite de oliva diminui o risco do câncer de cólon. Pesquisas anteriores já apontaram a ação preventiva em outros tumores, como o de mama;
- Evita o acúmulo de gordura visceral, passaporte para doenças cardiovasculares e diabete;
- Pesquisadores da Universidade de Valme, na Espanha, observaram que o azeite de oliva contém substâncias com efeito bactericida, capazes de combater a Helicobacter pylori, microorganismo por trás da gastrite. 
Como qualquer outro alimento, se consumido em excesso, deixará de ser benéfico e passará a ser um problema para a saúde. Portanto é importante saber que o máximo de azeite que deve ser ingerido por dia deve ser 2 colheres (sopa).

Dúvidas e curiosidades
  • O azeite pode ser aquecido? Sim/Não. Há controvérsias, muita gente diz que pode e muita gente diz que não. Os que falam que pode explicam o tal ponto de fumaça que todo óleo tem: 
    Ao contrário do que se pensam, é mais saudável fritar com azeite do que usar outros óleos que saturam rapidamente. Isso vale inclusive para o azeite extra-virgem, que poderá ser aquecido até as temperaturas de 120 ºC a 230 ºC. Desta forma podemos considerar o uso do azeite extra-virgem também para frituras já que estas são as temperaturas necessárias para fritar ou confitar (cozinhar em gordura, sem fritar, lentamente e a baixas temperaturas) os alimentos! 
    Toda gordura tem seu ponto crítico de aquecimento (o chamado “ponto de fumaça”). Ultrapassado esse ponto a gordura “queima” e degrada-se em substâncias químicas indesejáveis, como os radicais livres. A gordura que “queima” com mais facilidade é a manteiga, seguida dos óleos vegetais comuns. A mais resistente é o azeite de oliva. Robert L. Wolk, professor de química na Universidade de Pittsburgh, usando dados do Instituto de Gorduras e Óleos Comestíveis dos EUA afirma que os azeites de oliva podem variar seu ponto crítico de aquecimento de 210 ºC a 238 ºC, dependendo do tipo. E que os Azeites de Oliva Extra-virgem (por conta dos resíduos orgânicos que contém ) em geral tem ponto de fumaça mais baixo que o Azeite de Oliva Filtrado. E os que falam que não pode ser aquecido: "O ideal é acrescentar no final das preparações", defende a engenheira de alimentos Jane Snow, do Instituto de Tecnologia de Alimentos, em Campinas, interior paulista. "Submetido a altas temperaturas, o azeite perde suas propriedades", explica. Aí fica a seu critério decidir qual das duas explicações foi a mais convincente rs!!!
  • Ao ser aquecido ele se expande, gerando um aproveitamento maior, diferente dos outros óleos vegetais.
  • Por ser um produto de origem vegetal, o azeite é naturalmente isento de colesterol.
  • Todo azeite virgem ou extra virgem é obtido de uma primeira prensagem das azeitonas, por isso são melhores.
  • Ao contrário do vinho, o azeite quanto mais novo, melhor.


Seguidores

 
;